Ilustradora

O papel em branco sempre foi o meu brinquedo favorito. Desenhar é, para mim, uma forma de meditação, através da concentração exigida para observar o presente. É um meio de desbloquear a criatividade, de colocar a intuição no fluxo, de soltar a minha mão.